Voltar

O Déficit auditivo pode aumentar o risco de demências?


5 anos atrás

4 comentários

Patrícia

A perda auditiva pode aumentar o risco de problemas cognitivos e demência de acordo com um estudo da Universidade John Hopkins, realizado em 2013. Eles também realizaram um estudo, em 2011, incidindo apenas sobre a demência. Monitoraram a saúde cognitiva de 639 pessoas que estavam mentalmente afetadas quando o estudo começou. Os pesquisadores testaram a capacidade mental dos voluntários regularmente, seguindo por cerca de 12 anos, e alguns por até 18 anos. Os resultados foram surpreendentes: quanto pior a perda auditiva inicial é mais provável que a pessoa desenvolva demência. Os pesquisadores dizem que há razões plausíveis para que a perda auditiva possa levar à demência – os centros auditivos do cérebro são muito próximos às regiões onde se inicia o Alzheimer.



Comentários

Maisa Porto, comentou: 3 de Dezembro de 2015 às 0:26hs
Parabéns pelo trabalho, e pelo site também!
JUCIARA SANTOS, comentou: 29 de Janeiro de 2016 às 10:50hs
FIQUEI ASSUSTADA SOBRE O ASUNTO, POIS PERDI PARCIALMENTE A AUDIÇÃO DO OUVIDO DIRETO.
walter, comentou: 21 de Março de 2016 às 10:28hs
Por qual mecanismo o deficiente auditivo pode chegar à demência?
Rosa, comentou: 30 de Março de 2016 às 11:2hs
Não sou médica, mas tenho problema auditivo e pela minha experiência vejo que o problema auditivo limita seu universo. Seus contatos, as informações que chegam até você. Isto vai gerando um déficit. Daí chegar a uma demência, sei não!?!?!


Deixe um comentário

Campos com * são de preenchimento obrigatório
Seu email não será publicado.